Impulsionamento nas redes sociais e o crescimento do perfil

Publicado em: 23 agosto 2019 - Categoria: Marketing Digital

O impulsionamento nas redes sociais se tornou necessário nos últimos tempos, afinal, as postagens orgânicas só alcançam 10% e, no Facebook, esse número é ainda menor, chegando a 5%. E, qual é a solução para que sua marca seja vista? O impulsionamento nas redes sociais é a resposta.

No texto de hoje, você vai conhecer o que é esse tal impulsionamento nas redes sociais, saber como ele funciona e como a prática vai ajudar a divulgar sua marca e conseguir mais clientes. Mas, antes disso, é interessante conhecer um pouco mais sobre as redes sociais.

A tal rede social:

O termo rede social é muito utilizado hoje para definir as mídias sociais: Instagram, Facebook, Youtube, Twitter, LinkedIn, WhatsApp e outras mais. Acontece que seu significado é muito mais amplo que isso. Imagine seu grupo de amigos, família ou pessoal do trabalho. Todos eles são considerados redes sociais, afinal há uma ligação entre pessoas.

Mas, as redes sociais que nos interessam aqui são aquelas que encontramos na Internet, as redes sociais digitais, que usamos para conversar com esses mesmos grupos de pessoas e para outras coisas mais, como nos divertir, reproduzir nossos sentimentos e, até mesmo, ganhar dinheiro. Claro, por que não?

Atualmente, mais de 3 milhões de pessoas usam alguma rede social e, claro, a tendência é que esse número aumente. A população está maior a cada dia e sedenta pelo conteúdo que as redes sociais oferecem. Essas pessoas querem, inclusive, consumir produtos e serviços que estão nas redes sociais (afinal, empresas que estão nas redes sociais têm mais credibilidade), por isso é fundamental que você também esteja.

É possível me posicionar nas redes sociais?

Sobre a presença nas redes sociais, sabemos que é importante, mas isso é o suficiente? Infelizmente não, como já foi citado no início deste texto, postagens orgânicas, aquelas que não recebem impulsionamento, têm uma taxa muito pequena de alcance, ou seja, poucas pessoas vão ver seu conteúdo. Se a taxa de visualização já é pequena, a interação é ainda menor, ou seja, as curtidas, comentários e compartilhamentos.
Mas, não precisa se preocupar, pois é possível sim fazer com que suas redes cresçam através do impulsionamento nas redes sociais. Isso nada mais é que pagar para que suas postagens sejam visualizadas por um determinado público em um raio pré-determinado. As contas comerciais conseguem investir dinheiro e, assim, sua marca é vista.

A partir daí é simples, com sua marca sendo vista cada vez mais graças aos impulsionamentos nas redes sociais, o seu negócio fica mais significativo, criando força e consistência no mercado. Assim, aquele perfil que possuía poucos seguidores e pouco engajamento consegue se posicionar bem no meio digital.

Os impulsionamentos nas redes sociais são fáceis?

O primeiro passo é ter uma conta comercial na rede social que você precisa, seja Facebook, Instagram ou qualquer outra que for trabalhar. Assim que o conteúdo que deseja impulsionar for postado, é o momento de aplicar o dinheiro. Dessa forma, a rede social vai deixar visível o perfil para um número específico de pessoas.

Quando o impulsionamento nas redes sociais é realizado na prévia, é possível visualizar a média de pessoas que vão receber a sua postagem e, em seguida, surgem o número daqueles que foram alcançados. Esse número é absolutamente variável, de acordo com o valor direcionado para a postagem ou até mesmo do raio de alcance.

Posso fazer os impulsionamentos sozinho?

De fato, é possível realizar impulsionamento nas redes sociais sozinho, mas as chances disso não surtir o efeito desejado são enormes. Isso porque é necessário aplicar técnicas e estratégias especializadas para que seu investimento seja aplicado da melhor forma e não seja um desperdício de tempo e, principalmente, de dinheiro.

O ideal é buscar uma aconselhamento profissional. Hoje em dia, o que não faltam são empresas que realizam esse trabalho. Eles analisam o perfil da sua empresa, veem o alcance das postagens, a quantidade de verba disponível para o impulsionamento das redes sociais e dão início ao projeto.

Essa é a melhor forma de fortalecer sua marca, divulgar seu trabalho de forma mais barata e ainda por cima crescer no ambiente digital.

Em qual rede social devo investir?

Essa é a pergunta de ouro que todos querem saber a resposta, mas ela não é simples assim. Isso porque a rede social perfeita, que gera maior retorno é diferente para cada negócio. Por exemplo, o Instagram é perfeito para clínicas de estética para interagirem com seus pacientes e até mesmo captar mais pacientes através de seus posts, porém o resultado não será o mesmo se seu objetivo for a divulgação de instrumentos cirúrgicos.

É necessário conhecer bem o perfil do seu negócio e, assim, traçar um planejamento adequado e principalmente eficiente. Dessa forma, conseguimos economizar tempo e dinheiro em algo que não irá surtir efeito. Claro, em determinados casos existem redes que são aquele famoso “tem que ter” que, mesmo não apresentando bons retornos, é importante ter um perfil sólido e bem feito, mas isso não significa que deva investir boa parte da sua verba ali, já que não irá trazer resultados satisfatórios.

A melhor forma de descobrir isso é realizando pesquisas, entendendo seu público, sabendo o que ele consome e dando bom conteúdo para que eles façam isso sempre e, assim, criar uma relação fiel com sua marca.

Quando falamos de pesquisa, não se trata de nada mirabolante, basta estudar os passos dos seus seguidores, isso mesmo, dar aquela stalkeada, conversar com eles, interagir. Só assim é possível entender o que seu cliente deseja e, a partir daí, produzir um perfil interessante, porque, convenhamos, suas redes sociais precisam ser consumidas por quem interessa. Assim sendo, mesmo realizando impulsionamentos, é importante fazer sua parte, é assim que a fidelidade nasce. Além disso, não podemos esquecer dos orgânicos, né? Eles também são importantes, mesmo sendo tão poucos, eles ainda são potenciais clientes.

Compartilhe: