Afinal, como as clínicas podem utilizar o marketing local?

Publicado em: 31 julho 2018 - Categoria: Marketing

Você já utiliza o marketing local nas suas estratégias? Essa ferramenta é uma importante aliada para potencializar as conversões e melhorar o engajamento do público na sua clínica.

Se bem aplicados, tais investimentos atingem um público mais qualificado e ajudam a diminuir o CAC, custo de aquisição de clientes.

Quando alguns médicos começam a investir em marketing digital, é normal a vontade de atingir públicos variados e expandir o negócio rapidamente. Contudo, é nesse momento que alguns leads importantes acabam sendo esquecidos: os leads locais.

Traremos, neste post, algumas dicas de como conseguir engajar e converter esse tipo de lead. Vamos lá?

O que é o marketing local?

O marketing local é um conjunto de estratégias que visa promover os serviços da clínica em um local específico de acordo com a segmentação geográfica do público-alvo.

Nas ações, são utilizados elementos do marketing como criação de conteúdo, análise de persona e investimento em links pagos, porém, de forma dirigida a um público especial.

Essa estratégia de comunicação se diferencia de outras, pois, neste caso, há a priorização de iniciativas que ajudam na atração de pessoas que moram ou trabalham nas proximidades da clínica.

Em outras palavras, esse tipo de marketing busca atingir um grupo seleto geograficamente. Entendendo a rotina, hábitos e horários desse público, será mais fácil convertê-los, uma vez que pessoas costumam optar por clínicas e consultórios que ficam perto de locais que elas frequentam diariamente.

Como realizar o marketing local?

Clínicas e consultórios médicos ficam limitados a uma atuação geográfica. É incomum encontrar pessoas que vão até outras cidades para realizar consultas de rotina, por exemplo.

Por isso, esses locais devem criar estratégias dentro das cidades, mas também segmentando por bairros. Veja algumas dicas:

Use ferramentas de geomarketing

O Google é a principal plataforma para o uso de marketing local. Por meio do SEO, Google Meu Negócio e links patrocinados, é possível melhorar o posicionamento da sua clínica e atingir um público segmentado, investindo menos.

Um estudo realizado mostrou que os 4 primeiros resultados do Google recebem 75% dos cliques dos usuários. Além disso, 91% dos internautas não chegam à segunda página de pesquisas. Percebeu a importância de estar entre os primeiros links?

Uma campanha bem-sucedida agrega inteligência, análise dos dados e localizações estratégicas. Anúncios criados no Google AdWords, por exemplo, permitem acessar a localização atual do paciente e enviar uma notificação para o smartphone dele ou então entender a rotina e quanto tempo ele permanece em determinados locais.

Além disso, existem outras estratégias que auxiliam na divulgação da sua marca localmente. Atualizar os dados do Google Meu Negócio, preencher informações que facilitam o Google Maps e cadastrar a sua clínica em buscadores locais são ações que aumentam o seu posicionamento organicamente.

Defina o seu público-alvo

Não basta definir as estratégias e ações que serão construídas se o público-alvo ainda não foi definido. Engana-se quem acredita que criar campanhas generalistas e que impactam muitas pessoas pode trazer mais resultados do que campanhas hipersegmentadas.

Tentar atingir um volume alto de pessoas pode desperdiçar tempo e recursos preciosos. Para não errar, além de utilizar a localização geográfica, crie uma persona para a sua clínica e busque segmentar os anúncios e conteúdos focados exatamente a ela.

Priorize pacientes mais importantes

Vamos imaginar que você tem uma clínica e que sua especialidade é cardiologia. Sabemos que é indicado que todas as pessoas se consultem com cardiologistas e façam alguns exames, se for necessário.

Todavia, em vez de focar nesse público amplo, é mais eficaz focar em pessoas que apresentam condições propícias para se engajarem na sua oferta.

Com a persona construída, estágios do fundo de funil organizados, localizações de impacto definidas e dados obtidos nas redes sociais, será possível encontrar pacientes mais perto da conversão, seja pelo estágio do funil, seja pela comodidade da localização.

Essas ações mais assertivas garantem uma comunicação dirigida com um foco específico.

Percebeu como o marketing local é importante para as suas estratégias de comunicação? Ele consegue aproximar a clínica do seu público-alvo por meio de ações específicas de geomarketing.

Se você tem alguma dúvida sobre esse tema, deixe o seu comentário no post. Vamos adorar conversar com você!

Compartilhe: